Ontologia hermenêutica e niilismo

o enfraquecimento da verdade e a abertura à pluralidade

Autores

  • Douglas Willian Ferreira

Palavras-chave:

Niilismo; Enfraquecimento do ser; Hermenêutica; Pluralidade.

Resumo

neste artigo se faz uma análise do conceito de niilismo. A partir das tantas compreensões, busca-se apresentar o processo de enfraquecimento das verdades absolutas que resultam em novas possibilidades de experiência da religião, sobretudo, do cristianismo. A partir da pesquisa bibliográfica das obras de Gianni Vattimo, dialogou-se com outros autores contemporâneos a fim de entendermos o processo da eventualidade do ser e da dissolução dos valores e verdades metafísicas que sustentam certo fundamentalismo e dogmatismo filosófico e religioso. Para isso, faz-se importante compreender o papel da hermenêutica nesse processo de abertura à pluralidade e da linguagem como garantia de significação da vida e da existência.

DOi.png 10.29327/256659.14.2-3

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Douglas Willian Ferreira

Doutor em Ciência da Religião pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Autor do livro: Ágape e Liberdade: fundamentos para uma espiritualidade laica e enfraquecida. Professor. E-mail: douglasinvictus@hotmail.com

Referências

DELEUZE, Gilles. Nietzsche e a Filosofia. Rio de Janeiro: Editora Rio, 1976.

ECO, Umberto; MARTINI, Carlo Maria. Em que creem os que não creem? Rio de Janeiro: Record, 2016. 18ª ed.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e método. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

GRONDIN, Jean. Vattimo’s latinization of hermeneutics: why did a Gadamer resist postmodernism? In: ZABALA, Santiago. Weakening Philosophy: Essays in Honour of Gianni Vattimo. London: McGill-Queen’s University Press, 2007. p. 203-216.

HEIDEGGER, Martin. Sobre a essência da verdade. São Paulo: Abril Cultural, 1979b. (Coleção os pensadores).

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo. Petrópolis; Bragança Paulista: Vozes; Universidade São Francisco, 2005.

NIETZSCHE, Frederich. A Gaia Ciência. São Paulo: La Fonte, 2017a.

NIETZSCHE, Frederich. Fragmentos póstumos. Madri: Tecnos, 2006.

NIETZSCHE, Frederich. Vontade de potência. Petrópolis, RJ: Vozes, 2017c. (Vozes de Bolso).

PASCAL, Blaise. Pensamentos. São Paulo: Abril Cultural, 1979.

PIEPER, Frederico. A vocação niilista da hermenêutica: Gianni Vattimo e religião. Tese de doutorado. São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo, 2007.

VATTIMO, Gianni. Acreditar em acreditar. Lisboa: Relógio D’água, 1998.

VATTIMO, Gianni. Adeus à verdade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2016.

VATTIMO, Gianni. As aventuras da diferença: o que significa pensar depois de Nietzsche e Heidegger. Lisboa: Edições 70, 1988.

VATTIMO, Gianni. Depois da cristandade, por um cristianismo não religioso. Rio de Janeiro: Record, 2004.

VATTIMO, Gianni. Diálogo com Nietzsche: Ensaios 1961-2000.São Paulo: Martins Fontes, 2010.

VATTIMO, Gianni. Ética de la interpretación. Barcelona: Paidós, 1991.

VATTIMO, Gianni. Introdução a Heidegger. Lisboa: Edições 70, 1989.

VATTIMO, Gianni. O fim da modernidade, niilismo e hermenêutica na cultura pós-moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

VATTIMO, Gianni. Para além da interpretação, o significado da hermenêutica para a filosofia. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1999.

VOLPI, Franco. O niilismo. São Paulo: Loyola, 1999.

ZABALA, Santiago.(org) Weakening Philosophy: Essays in Honour of Gianni Vattimo. London: McGill-Queen’s University Press, 2007.

Downloads

Publicado

14-11-2023

Como Citar

Ferreira, D. W. (2023). Ontologia hermenêutica e niilismo: o enfraquecimento da verdade e a abertura à pluralidade. PLURA, Revista De Estudos De Religião / PLURA, Journal for the Study of Religion, 14(2), 32–51. Recuperado de https://revistaplura.emnuvens.com.br/plura/article/view/1954

Edição

Seção

Artigos / Articles: Temática livre / Free subject